CÁLCULO IMPOSTO DE RENDA 2019 → SAIBA COMO CALCULAR

O cálculo imposto de renda 2019 deve ser realizado anualmente por todos os contribuintes que declaram o IR. O cálculo do tributo é feito em cima da renda dos contribuintes, levando em consideração o salário, imóveis e uma série de outros recebíveis.

O imposto é cobrado todos os anos e sempre gera uma apreensão nos contribuintes brasileiros. Isso porque grande parte tem dificuldades em realizar a declaração, contando com profissionais habilitados (como contadores) para fazer o cálculo e declaração.

Para ajudá-los nesse processo, explicaremos a seguir como realizar o cálculo do imposto de renda 2019 e sanaremos as principais dúvidas em relação ao assunto. Confira!

Cálculo imposto de renda 2019

CÁLCULO IMPOSTO DE RENDA 2019

O cálculo do imposto de renda é mais complexo do que aparenta. Isso porque não são todos os recebimentos que entram na conta do imposto.

Os rendimentos são divididos em duas categorias: os tributáveis e os isentos. O salário de um trabalhador é um rendimento tributável enquanto uma bolsa de estudos não é. Outro exemplo é o valor recebido por um aluguel é um investimento tributável enquanto o rendimento no final do ano na poupança não.

Dessa maneira, o cálculo imposto de renda 2019 é realizado em cima dos rendimentos tributáveis. Ao olhar a tabela, é possível perceber que as alíquotas são aplicadas de acordo com o rendimento.

Contudo, ainda é possível fazer deduções no IR. Essas deduções são relacionadas a gastos com dependentes (como gastos médicos, educação etc), doações para instituições de caridade e entidades filantrópicas e uma série de outras circunstâncias.

Simulação Imposto de Renda 2019

Através do site da Receita Federal é possível calcular imposto de renda 2019 levando em consideração os rendimentos tributáveis, as deduções e o demonstrativo de apuração.

Com apenas alguns cliques do mouse será possível realizar a simulação e obter o valor real do quanto deverá ser pago de imposto. Para quem for fazer a declaração do IR manualmente, essa é uma excelente forma de obter os números que precisão ser inseridos no programa.

Para ajudá-los a realizar a simulação, elaboramos um passo a passo muito prático e simples de ser executado. Veja a seguir:

CÁLCULO IMPOSTO DE RENDA 2019


Passo 1: O primeiro passo é entrar na página da calculadora do imposto de renda nesse link (www.receita.fazenda.gov.br) e espere a pagina carregar completamente.


Passo 2: No item número um será necessário informar todos os rendimentos tributáveis que você teve ao mês. Por exemplo: salário, recebimento do aluguel e os demais recebimentos tributáveis. Faça um cálculo de todo o rendimento mensal e informe o valor no campo indicado.


Passo 3: Na segunda parte será preciso indicar as deduções da Previdência Oficial e dependentes (cada dependente representa em uma dedução de R$ 189,59 mensais), pensão alimentícia e outras deduções como previdência privada, Funpresp etc. No final dessa parte aparecerá o valor total das deduções declaradas.


Passo 4: Nesse momento aparecerá algumas informações como a base de cálculo, demonstrativo de apuração do imposto e a alíquota efetiva com bases nas informações inseridas. A partir dessas informações será possível saber quanto deverá ser pago de imposto em cima dos rendimentos tributáveis e das deduções realizadas.


Tabela de Cálculo Imposto de Renda 2019

CÁLCULO IMPOSTO DE RENDA 2019

Para ter uma ideia do quanto deve ser pago de imposto em cima dos rendimentos tributáveis, a Receita Federal lança, anualmente, uma tabela que mostra as faixas de rendimento e suas respectivas alíquotas.

A tabela do imposto de renda 2019 está assim:

  • Até R$ 1.903,98: isento;
  • De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65: alíquota de 7,5%;
  • De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05: alíquota de 15%;
  • De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68: alíquota de 22,5%
  • Acima de 4.664,68: alíquota de 27,5%.

Para saber qual é o limite anual basta multiplicar os limites estabelecidos na tabela por 12.

Declaração de Imposto de Renda 2019

No geral, todas as pessoas que apresentarem rendimento acima do teto estabelecido pela Receita Federal deverá realizar a declaração. Veja quem deve declarar o imposto de renda:


01. Trabalhadores, aposentados e pensionistas que tiveram ganhos mensais acima de R$1.903,70, sendo assim, com ganho anual de R$28.559,70 de rendimentos tributáveis.


02. Trabalhadores do segmento rural só são obrigados a declarar o Imposto de Renda se seus ganhos brutos anuais e tributáveis forem acima de R$128.308,50.


03. Pessoas com imóveis em que o valor do mesmo passe dos R$300.00,00.


04. Pessoas que tiveram ganhos por alienação de direitos ou bens com taxação de imposto, ou invistam em bolsas de valores, de mercadorias ou parecidas.


05. Pessoas que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributáveis diretamente na fonte com valor acima de R$40.000,00 sempre no ano base.


06. Pessoas que passaram a residir no Brasil em qualquer mês do ano base.


Entender como calcular imposto de renda é essencial para realizar a declaração do IR de forma assertiva. Caso tenha dúvidas, consulte um contador para que ele possa ter passar mais orientações.

Em caso de dúvidas a respeito do cálculo imposto de renda 2019 faça um comentário para que possamos esclarece-la da  melhor forma possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *