RESTITUIÇÃO IMPOSTO DE RENDA 2019 → FAÇA A CONSULTA

O IR é um tributo cobrado anualmente em cima de todas as pessoas que possuem uma renda anual igual ou superior a R$ 28.123,91. E a Restituição imposto de renda 2019 é realizada pelo Governo Federal a todas as pessoas que pagaram a mais do que deviam. Isso acontece porque, no momento do cálculo, podem haver deduções relacionadas a despesas médicas e dependentes.

Dessa forma, sempre sobra um dinheiro que poderá ser resgatado pelo contribuinte. O valor pode ser depositado em conta-corrente ou na poupança, desde que haja algum saldo para receber.

No conteúdo a seguir falaremos mais sobre a restituição do imposto de renda. Leia para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Restituição Imposto de Renda 2019

O imposto de renda 2019 é um tributo que recaí sobre grande parte dos trabalhadores brasileiros. O valor arrecado pelo Governo Federal através do IR é investido em vários setores do País, como educação, saúde e pagamentos de benefícios previdenciários, por exemplo.

RESTITUIÇÃO IMPOSTO DE RENDA 2019

A restituição deste imposto é um saldo disponibilizado para os contribuintes. O valor é definido a partir dos balanços realizados pela Receita Federal, que fará um cálculo automático levando em consideração o valor pago pelo contribuinte mensalmente e as deduções relacionadas a gastos com saúde e educação.

O imposto de renda deve ser pago por todos os brasileiros que recebem, anualmente, valor igual ou superior a R$ 28.123,91. Quem não possuir essa renda não tem a necessidade de realizar a declaração e, por isso, não terá restituição a ser feita.

Quem tem direito a Restituição do Imposto de Renda 2019

Ao realizar a declaração de ajuste anual do imposto de Renda, é possível ficar sabendo no final da declaração o valor que deverá ser pago e quanto receberá de restituição do IRPF 2019.

Na grande maioria dos casos quem possui o direito a receber restituição imposto de renda são contribuintes com grandes quantidades de deduções.

Confira a seguir o que pode ser deduzido do imposto de renda:


01. Até R$3.561,50 por ano por membro da família com gastos de educação – os membros da família são considerados os dependentes do contribuinte;


02. Gastos diversos com dependentes pode ser deduzida até R$ 2.275,08 por dependente por ano;


03. Custos médicos – podem ser deduzidos integralmente (sem limite de deduções) desde que sejam no nome do contribuinte ou de seus dependentes;


04. Os gastos com pensão alimentícia podem ser deduzidos integralmente do Imposto de Renda – entretanto, ao realizar o cadastrar os beneficiários, esses deixam de ser dependentes;


05. Dedução da contribuição da previdência social ao empregado doméstico;


06 Aposentadorias e pensões podem ser deduzidas até R$ 1.903,98 por mês, incluindo o 13º;


07. No site da Receita Federal é possível obter a lista completa do que pode ser deduzido e quem são as pessoas que têm direito de solicitar a restituição do imposto de renda.


Pagamento Restituição Imposto de Renda 2019

RESTITUIÇÃO IMPOSTO DE RENDA 2019

Para receber o pagamento em sua conta-corrente ou poupança, o contribuinte deverá informar os seus dados bancários na declaração de imposto de renda. A conta poupança deve ser no nome do beneficiário e a corrente pode ser conjugada.

O pagamento da restituição realizado pela Receita Federal é realizado em lotes mensais, sempre no dia 15. Contribuintes prioritários, como os acometidos por doenças graves e os idosos, são os primeiros na lista de pagamento, recebendo no primeiro lote da restituição.

O valor Imposto de Renda 2019 a ser pago leva em consideração a taxa Selic desde o mês de maio até a disponibilizado ao contribuinte, sendo corrigido mensalmente com um acréscimo de 1% ao mês.

Consulta Restituição Imposto de Renda 2019

A consulta da restituição imposto de renda poderá ser feita diretamente no site da Receita Federal. E para ajudá-los, elaboramos um passo a passo muito simples de ser executado.

Confira:

RESTITUIÇÃO IMPOSTO DE RENDA 2019


Passo 1 – Entre no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) e espere a página carregar totalmente.


Passo 2 – Em seguida, será necessário informar o CPF, a data de nascimento e um código de segurança. Depois de preencher todos os campos, clique em Consultar.


Passo 3 – Pronto. Agora o contribuinte poderá visualizar se possui algum saldo a ser restituído. Caso possua, será preciso ficar atento a liberação dos lotes para que o dinheiro possa ser transferido para a sua conta.


Para quem declara o imposto de renda anualmente e possui diversas deduções, é importante ficar de olho na restituição do Imposto de Renda para saber se há algum valor disponível para ser resgatado. Muitos contribuintes possuem valores a serem restituídos e nem se dão conta nisso.

É só seguir as dicas de nosso artigo que você conseguirá resgatar o valor e sanar todas as suas dúvidas sobre a restituição imposto de renda 2019. Boa sorte!